quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Baú de Suculentas

Fique bem feliz com a caixa encontrada! Achei um charme. Depois de todo trabalho de recuperação, chegou a parte que mais gosto: plantar!
Para este baú, usei somente suculentas. Alguns cuidados devem ser tomados para que o trabalho dure por muito tempo, por ser caixa de madeira pode criar mofo ou até apodrecer. Outro ponto é a falta de vazão de água, que também precisa ser solucionado.
Confira o passo a passo:

Preparação da caixa:
Materiais de madeira precisam ser impermeabilizados. Como esta caixa já estava bem comprometida e é grande, preferi forrá-la com plástico. Foi usado plástico para mesa de cozinha (que é bem grosso),  fixei com percevejos.  Outra alternativa seria o uso de impermeabilizantes.
Uma gatinha é importante para o trabalho! (Risos) Essa é minha pequena Morena, sempre ajudando no trabalho com as plantas.

O fundo da caixa foi coberto com pedriscos, para ajudar na drenagem. É importante lembrar que esta caixa não tem abertura para vazão da água.

Continuando com a drenagem, uma boa camada de areia de rio foi colocada. 

O substrato:

O substrato utilizado foi uma mistura de areia de rio, húmus de minhoca e cascalhos de pinus. Na internet é possível encontrar várias dicas de bons substratos para o plantio de cactos e suculentas, escolha o que achar mais interessante para sua região e suas plantinhas.

Montando a composição:

 As plantas que seriam utilizadas foram separadas com antecedência.  Esse planejamento precisa ser feito para ter noção de quantidade e de como a combinação será feita.

Com a ajuda de uma colher abri espaço para as plantas e acomodei a terra em torno das mesmas.

Musgo seco foi usado para preencher os espaços entre as plantas. Desta forma respeitamos o espaço de crescimento de cada uma, enquanto o musgo dá um charme especial.

Cores, texturas, formas, tamanhos, tudo isso ajuda a dar harmonia e beleza à composição.

O resultado: 








Plantas sadias e que necessitam da mesma quantidade de água, combinação perfeita! Agora é escolher um bom lugar (que tenha sol) e desfrutar da beleza deste baú suculento.

Gostaram?