terça-feira, 14 de maio de 2013

Como cuidar do mini jardim?






Como cuidar do seu mini jardim:

O cacto e a suculenta precisam de muita luz! Coloque-o em um lugar onde entre sol.

A forma de aguar a planta vai depender da condição em que ela está. Se o mini jardim está em um local que pega muito sol, pode ser regado uma vez por semana. Caso não pegue tanto sol, a quantidade de rega deve diminuir.

Aplique água no seu mini jardim usando uma colher ou borrifador, para que não corra o risco de cair muita água, encharcando o vaso ou mesmo espalhando os elementos que o compõe, devido a força da água.

Importante: observe seu jardim, a planta conversa com você, veja se ela apresenta algum aspecto diferente. Caso fique doente, é melhor retirar aquele cacto específico do vaso, para não prejudicar os demais. 

Trio de cactos!


Trio de vasinhos de cerâmica! Muito meigo, achei que esses cactos combinaram, e aí?

Cactos & Livros


Este fica no meu quarto, decorando o nicho de livros!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Mini jardim


Mais um mini jardim! Neste foram usadas plantas maiores, um jardim no estilo "menos é mais"! 
 

Outro ângulo! O detalhe do vasinho de cerâmica foi colocado de lado com uma suculenta dentro, para sustentá-la usei uma estaquinha em V que não aparece na foto.

Desértico!


Um pouco diferente dos demais! Foi o primeiro que fiz com pote branco. Quis combinar apenas cactos e usei uns bem "espinhudos" rs. Consegui resistir ao charme das suculentas. É difícil trabalhar com estes que tem espinhos mais longos e curvos, porque as pedrinhas, o barro o cascalho, tudo gruda neles! Além disso, quase tudo precisa ser colocado com a pinça, para conseguir assentar os cascalhos, por exemplo, em baixo dos espinhos e não esmagá-los.

domingo, 5 de maio de 2013

Mini jardim - passo a passo

Fotografei o passo a passo enquanto fazia um mini jardim.

Caixa de madeira impermeabilizada, demorou 3 dias para a secagem completa.
 


Drenagem: o fundo da caixa foi preenchido com pedrinhas, não precisa ser das pintadas, era a única que tinha em mãos. Se possível fazer com ela natural.

 

Ainda para drenagem, uma camada de areia em cima das pedrinhas..

 

Agora o substrato, terra preparada, com carvão ativado na composição.

 

Iniciando a produção. Coloquei um elemento diferente: um vasinho de cerâmica para dar um charme a mais. Em volta do vasinho, musgo plantado.

 

Dois tipos de suculentas de espécies cores e tamanhos diferentes. 

 


Cactos para equilibrar, este cacto é bem escuro, portanto, completei com pedrinhas brancas em volta para realçar.

 

Um pouco mais de suculentas, em outro tom e formato, dando detalhe e equilíbrio entre o que já foi plantando e o que ainda virá.

 

PRONTO! Mais dois cactos: um branco "peludinho", que inclusive já estava com um botão de flor, e outro de espinhos amarelos dentro do vasinho de cerâmica. Para completar o restante do espaço e equilibrar os elementos, usei cascalhos.
 



Em outros ângulos... a composição foi feita com 3 tipos de cactos e 3 tipos de suculentas. Além do musgo, vasinho de cerâmica, pedrinhas e cascalho.

Que tal?

Terrário Chique

Em vidro cilíndrico, base feita de cascalhos, terra com carvão ativado. O jardim foi feito com cactos e suculentas. Procurei imitar relevo dentro do vaso. Funcionou?
 


Jardim em detalhe.

 

Vista superior. Além das plantas, completei com pedrinhas brancas, cascalho e cortiça.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Lamparina

 Gosto de fazer jardins quando são encomendas ou presente, pois posso pensar na pessoa que vai receber e fazer com muito carinho, bem personalizado com a casa ou o jeito de quem vai cuidar! Essa lamparina foi uma encomenda da minha amiga Cibele. Espero que ela curta!  

Procurei deixar bem iluminado dentro da lamparina, que é pequena e tem uma estrutura escura. Combinei uma suculenta muito linda que tem cor clara com cactos bem escuros. Foram usadas somente duas espécies diferentes, pois o espaço da lamparina é pequeno. Também foi usado cascalho e pedrinhas brancas.




Close da parte da frente. Tirei o vidro da portinha da lamparina para poder deixá-la fechada e possibilitar maior passagem de ar, que também é feita pela parte superior.

 

De lado. Detalhe da quantidade de terra, da suculenta e dos cactos.

 


Outro lado. A lamparina pode ficar em algum móvel ou mesmo pendurada. É importante que fique em um lugar com muita luz!